A vida de Matheus na Bolha
 


Vagabundo com uma Escopeta


 

Por mais que eu queira ver um filme baseado em Don't, parece que o novo filhote do projeto Grindhouse vai ser baseado no menos famoso dos trailers falsos do projeto, Hobo with a Shotgun. O tal vagabundo vai ser interpretado por Rutger Hauer, vejam só, e o filme tem data marcada par 2011. Já que Thanksgiving está prometido para o mesmo ano, será que os diretores Jason Eisener e Eli Roth seriam bacanas o bastante para fazer outra sessão dupla?



 Escrito por M. Ferraz às 20h37
[] [envie esta mensagem] []




The Chubbchubbs!



 Escrito por M. Ferraz às 15h27
[] [envie esta mensagem] []




O novo filme de Abel Ferrara?

 

"Domingo, 06/06/2010, 17h23

Ator pornô suspeito de homicídio pula de penhasco

 

Um ator pornô suspeito de homicídio morreu no sábado ao se jogar de um penhasco em Los Angeles, Estados Unidos. Ele era perseguido há oito horas pela polícia. Stephen Hill, de 34 anos, estava preso a uma corda quando pulou de uma altura de 15 metros, caindo direto no chão. Ele foi levado inconsciente a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Na terça-feira, o ator teria matado o colega Herbert Wong e ferido duas pessoas em seu local de trabalho usando uma espada samurai. Ele estaria inconformado porque seria demitido e expulso do local onde morava. Hill chegou a interpretar Barack Obama no pornô “Palin: Erection 2008”, um trocadilho com o nome da concorrente Sarah Palin e com ereção, ao invés de eleição."

 

FONTE: O DIÁRIO DO PARÁ



 Escrito por M. Ferraz às 15h18
[] [envie esta mensagem] []




Repo! The Genetic Opera

http://farm4.static.flickr.com/3320/3487935338_320f2cb76c_o.jpg

Eu gosto de me incluir entre os muitos adoradores de The Rocky Horror Picture Show. Para mim é um dos filmes mais divertidos, ultrajantes e mesmo profundos que eu conheço, com personagens impagáveis e a trilha sonora mais grudenta do mundo. Por isso, quando ouvi falar de Repo! e os comentários dizendo que era o novo RHPS, não consegui descansar até baixar o dito cujo.

Então, aconteceu uma coisa estranha. Eu vi o filme e odiei. Não era nada como RHPS, a história era confusa e tudo pareceu "moderninho" demais. E o que é estranho nisso? Mesmo detestando o filme na primeira assistida, eu não consegui parar de cantarolar a trilha sonora por uma semana inteira. Ficou no cérebro, não me deixando tirar a mente do filme até que eu não aguentei mais a tortura e dei uma segunda chance ao filme.

http://spf.fotolog.com/photo/63/42/26/ambersweet/1245539621334_f.jpghttp://www.fantasy-magazine.com/wp-content/uploads/2008/10/repo-g04.jpg

E, na segunda sessão mais estranha da minha vida, aquele filme que eu odiei a princípio se tornou, contra todas as expectativas, meu novo clássico! Digo mais: se, em nosso mundo chato e sem sal, pode existir um novo Rocky Horror Picture Show, estamos diante dele.

Repo! se passa no futuro, quando, durante uma epidemia de falência de órgãos, surge a GeneCo, empresa comandada por Rotti Largo (surpresa: Paul Sorvino é um tenor!) e seus filhos, Pavi Largo (Nivek Ogre), um freak que, mesmo usando um rosto postiço consegue mais e melhores mulheres do que você, Luigi Largo (Bill Moseley, que apesar de ser ótimo ator é o mais fraco do filme) e Amber Sweet (supresa 2: Paris Hilton numa ótima performace!!!). A GeneCo fornece órgãos novos a prestação, deixando as operações tão acessíveis que elas se tornam objetos de moda. Mas se você não pagar as prestações em dia, a GeneCo manda o RepoMan pegar os órgãos de volta. E ele o faz sem anestesia.

http://images2.fanpop.com/images/photos/4100000/Graverobber-Epilogue-repo-the-genetic-opera-4197729-800-500.jpghttp://img.photobucket.com/albums/v11/ashweelee/pavi2.jpg

O RepoMan é na verdade Nathan Wallace (Anthony Stewart Head, um dos seres humanos mais fodas no planeta), um viúvo aparentemente pacato que cuida sozinho de sua filha Shilo (Alexa Vega). A trama toda gira em torno da garota, já que, Rotti, prestes a morrer e insatisfeito com os seus filhos, pretende lhe deixar a empresa. Acrescente a isso tudo um ladrão de tumbas (Terrance Zdunich) e Blind Mag, uma soprano com olhos biônicos interpretada por Sarah Brightman (minha cabeça acaba de explodir, isso é tão cool...).

http://24.media.tumblr.com/tumblr_l0o0bpwpbA1qapnh6o1_500.png

Bem, já que estamos falando de um musical, vamos ao que importa: as músicas. Neste caso, estamos falando de um filme inteiramente movido pela trilha sonora: as cenas "normais" são curtas e separadas por longas canções. Anthony Stewart Head é de longe o melhor, com Legal Assassin e o belíssimo dueto com Alexa Vega I didn't know I love you so much, que poderia muito bem ser lançada como single. Terrance Zdunich ataca com a hipnótica 21th Century Cure, e Sarah Brightman usa seu alcance vocal em Chase the Morning. Mas é quando o elenco todo se reúne para cantar At the Opera Tonight que o bicho pega. E para não deixar você boiando, posto todas estas músicas abaixo.

Depois desta Ópera Rock Gore, Darren Lynn Bousman está perdoado pelos Jogos Mortais fajutos que nos fez jogar, e a minha geração pode se gabar de ter a sua Loucura Cinematográfica da Meia-Noite. Testify!


 



 Escrito por M. Ferraz às 19h37
[] [envie esta mensagem] []




http://ferdyonfilms.com/Pleasance%20Loomis.jpg

He's cursing Zombie from beyond grave, for not being able to grow up from the crappy 12 year kid that he is into a mature man who is able to write good scripts with solid characters, and instead use some of the greatest characters in Horror history on his personal selfish vendetta against his own parents and the kids that bullied him in school.



 Escrito por M. Ferraz às 22h28
[] [envie esta mensagem] []




Remember me as a great SWAT officer!

 



 Escrito por M. Ferraz às 22h12
[] [envie esta mensagem] []




Se você achava que nada podia ser mais assutador que o Willy Wonka de Johnny Depp...



 Escrito por M. Ferraz às 23h01
[] [envie esta mensagem] []




A nova moda adolescente!

 

"Eu estava certa de três coisas. Primeiro, Sal Boris era um neanderthal peludo criado por nazistas para estuprar prisioneiras. Segundo, havia uma parte dele que estava doida para comer meus pentelhos. Terceiro, eu estava incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ele."

 

http://www.cinefania.com/terroruniversal/imagen/sadiconazi24.jpg

 

A Besta no Cio, de Luigi Batzella.

Se fazem vampiros parecerem românticos, é claro que o bom e velho Sal também pode!



 Escrito por M. Ferraz às 20h07
[] [envie esta mensagem] []




The Ultimate Unfunny Comedy EVER!!!

 

estrelando...

 

http://scrapetv.com/News/News%20Pages/Entertainment/images-6/Will-Ferrell-smile.jpg

Will Ferrel, como o campeão mundial de cuspe a distância, que perde o seu posto para...


http://speakingevents.files.wordpress.com/2010/03/ben-stiller.jpg

... Ben Stiller, no papel de um marombeiro arrogante, que tenta roubar a mulher de...


http://www.new-movie-trailers.com/movies/wp-content/uploads/2009/08/vince-vaughn.jpg

... Vince Vaughn, um cara legal mas que está enfrentando problemas pessoais, pois a sua avó vai perder a casa, e precisa se tornar o novo campeão de cuspe à distância. Para isso, ele conta com seu amigo...


http://tvcinemaemusica.files.wordpress.com/2010/02/seth-rogen.jpg

... Seth Rogen, um gordo escroto, maconheiro, pervertido e nojento, mas com um bom coração, que descobre que está apaixonado por...


http://4.bp.blogspot.com/__CgQBhWuAX8/SzrhvcY-H1I/AAAAAAAACGo/M0Bp0Ry9aT8/s320/leslie-mann_l.jpg

... Leslie Mann, que está apaixonada por Rogen, mas no momento está casada com...


http://celebrityandworld.files.wordpress.com/2009/07/adam-sandler1.jpg

... Adam Sandler, um workaholic insensível que não sabe que tem a vida perfeita, até que recebe uma visita de...


http://2.bp.blogspot.com/_rDwJN6FuZyY/Smt8E-dN5WI/AAAAAAAAAGI/3q8pvgUCbSU/s400/owen_wilson1244896659.jpg

... Owen Wilson, um amigo antigo, que se instala na sua casa e começa a infernizar a vida de todo mundo, até que é posto para fora e tem que ir morar com o único amigo...


http://www.roomp3.com/img_ar/2010.jpg

... Jack Black, um roqueiro sem noção, que vive sendo cobrado responsabilidade por...


http://tvcinemaemusica.files.wordpress.com/2010/01/img-cgi.jpeg

... Luke Wilson, um sujeito enrustido e tranquilo, que tem como colega de trabalho um babaca completo, interpretado por...


http://scrapetv.com/News/News%20Pages/Entertainment/images-6/Will-Ferrell-smile.jpg

Will Ferrell !!!



 Escrito por M. Ferraz às 19h11
[] [envie esta mensagem] []




Sarah Brightman



 Escrito por M. Ferraz às 16h16
[] [envie esta mensagem] []




Uma noite na Ópera

 

Uma apresentação de Ópera em BH é coisa tão rara que se torna um verdadeiro festival quando acontece. Ontem, dia 22 de maio, compareci à montagem de "La Traviata" de Giuseppe Verdi, no Grande Teatro do Palácio das Artes. A temporada de Ópera é em comemoração aos 40 anos da Fundação Clóvis Salgado. Comemoração em grande estilo, diga-se, pois a produção foi fantástica, em todos os aspectos. A orquestra, regida por Roberto Tibiriçá, estava afinada e perfeita, merecendo uma ovação especial. Os cenários grandiosos, de Raul Belém Machado, são um espetáculo à parte, representando toda a pompa da Paris Renascentista, ou a escuridão de um leito de morte.

O grande destaque foi o tenor gaúcho Martin Muehle, intérprete de Alfredo, que aliou perfeitamente os seus dons vocais com a performance teatral. Já no primeiro ato, ele arrebatou toda a platéia (lotada) com sua brilhante interpretação do "Brindisi". A soprano Rosana Lamosa foi o fio condutor entre cada ato, maravilhosa e belíssima, em especial no seu dueto com o também genial Licio Bruno no segundo ato.

Mas o que realmente chamou a atenção foi o Balé no terceiro ato, contando com um enorme e competente elenco, que ganhou o aplauso de todos. Vale destacar a cenografia neste ato, com a ótima idéia do diretor de arte em fazer o cenário com as mesmas cores das paredes e coxias.

Uma coisa que não me agradou foi o uso de legendas em português para traduzir as canções. Claro que seria difícil para muitos enteder o italiano lírico da ópera, mas se perde muito da performance com a distração deste recurso.

"La Traviata" continua em cartaz até o dia 27 de maio, inclusive com um elenco diferente a partir de hoje. Se você vive na grande BH ou está de passagem, tem a minha garantia de que não vai se arrepender, e sair do Palácio cantarolando o "Brindisi".



 Escrito por M. Ferraz às 14h37
[] [envie esta mensagem] []




At the Opera tonight!

 

 

Aguardem crítica.



 Escrito por M. Ferraz às 16h57
[] [envie esta mensagem] []




O puro sentido do cinema

http://aspirinab.weblog.com.pt/Miracolo2.jpg


Como descrever "O Amor" de Rosselini sem as palavras acima? Simplesmente puro e completo, cinema em toda a sua glória. E, claro, La Magnani, a maior atriz do século XX, que  todo o seu magnetismo único era capaz de carregar qualquer filme nas costas. São duas histórias, de uma simplicidade fantástica. Na primeira, Anna interpreta uma moça desiludida por uma traição, tentando conversar com o seu antigo amor no telefone. Na segunda, uma camponesa é enganada e engravidada por Frederico Fellini se passando por São José, e vira a chacota da aldeia. E, no fim da projeção, uma sensação de satisfação como poucos filmes são capazes de oferecer.



 Escrito por M. Ferraz às 18h08
[] [envie esta mensagem] []




http://phillyist.com/attachments/philly_jill/tennessee_williams_stamp.gif

Do livro "Memórias" de Tennessee Williams.

"O que siginifca ser um escritor? Eu diria que significa ser livre.

Sei que muitos escritores não são livres, que são profissionalmente empregados, o que é uma coisa interiamente diferente,

Profissionalmente, são talvez melhores escritores, no sentido convencional do "melhor". Têm ouvido para as demandas de best-sellers: agradam a seus editores, e presumidamente também ao seu público.

Mas não são livres, e, assim, não são o que considero o que um verdadeiro escritor deve ser.

Ser livre é realizar com êxito sua vida.

Isto compreende qualquer número de liberdades.

Significa a liberdade de parar quando lhe agradar, de ir aonde e quando quiser, de ser um viajante aqui e ali, um viajante que abandona muitos hotéis, triste ou alegre, sem obstrução e sem muita pena.

Significa a liberdade de ser. E - alguém observou sabiamente - se você não pode ser você mesmo, que importância tem ser qualquer coisa?"

 




 Escrito por M. Ferraz às 16h55
[] [envie esta mensagem] []




La Pera

http://2.bp.blogspot.com/_1YpgQAOogg0/SXpvZ3lGnGI/AAAAAAAAJcA/XckqmJhmsl0/s400/marilia-pera-dona.jpg


Depois que a minha avô esqueceu seu CD de "Elas cantam Roberto Carlos" na minha casa, eu conheci, de uma forma completamente inesperada, a extensão do talento de Marília Pera, que está entre os cinco seres humanos mais fodas já nascidos neste país.

Não basta ser A Grande Atriz do Brasil atual, Marília Pera deu de 10 a zero em qualquer celebridade que ousou fazer uma versão de Roberto Carlos. Abaixo, para seu deleite, o vídeo.

 

 

Agora, verdade seja dita, se em tempos em que o filho de Fábio Jr. (um tal de Fuck You) faz sucesso simplesmente por existir, nós podemos nos gabar de ter uma das atrizes mais completas do mundo. Afinal, uma moça que derrotou ELIS REGINA para entrar num musical e já encarou o papel de Coco Chanel, Maria Callas e Carmem Miranda (e, segundo um certo teatrólogo italiano me disse, era a primeira escolha para interpretar Anna Magnani nos palcos brasileiros) faz com que tenhamos mais esperança no nosso futuro.



 Escrito por M. Ferraz às 18h47
[] [envie esta mensagem] []


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
  BRASIL, Sudeste, CONTAGEM, Homem, Portuguese, English, Cinema e vídeo


 


 Todas as mensagens
 Link



 Filmes para Doidos
 Viver e Morrer no Cinema
 Infernoticias
 That Guy With the Glasses
 The Spoony Experiment
 Boca do Inferno
 Juvenatrix
 Meia(a)vulsa
 Franco D'Alessandro.com
 Barbara Magnolfi's Official Website
 Stag Films



 Dê uma nota para meu blog